A presença que toca

Aqui o Rafael Caldeira de Faria, psicólogo corporal, CRP 06/89471, e fundador do Projeto Terapêutico Toque Divino (pttoquedivino.com), fala um pouco sobre a nossa presença pessoal como uma forma de tocar. Devemos observar bem a qualidade da nossa vida íntima, pois sempre haverá um transbordamento natural do que temos vivido em nossos encontros. Especialmente àqueles que desejam trabalhar como psicólogos, seu compromisso com uma vida que resulte em uma presença terapêutica é fundamental.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s